Acordo sobre saúde na ONU abre racha entre governo Lula e países ricos

Por Fonte83 - 20/09/2023

Um dia depois de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva denunciar a desigualdade no sistema internacional, ao discursar na abertura da Assembleia Geral da ONU, uma negociação sobre prevenção de futuras pandemias abre um mal-estar diplomático entre o Brasil e os países ricos.

Na ONU, a entidade destinará nesta quarta-feira parte do segundo dia da assembleia para realizar uma cúpula na qual governos vão confirmar seu compromisso por medidas que possam prevenir uma futura pandemia e preparar as sociedades para lidar com novos surtos. A reunião de alto escalão é uma resposta à crise sanitária da covid-19, que matou milhões de pessoas pelo mundo.

Também nesta quarta-feira, Lula se reunirá com o diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Ghebreyesus, alvo de ataques do ex-presidente Jair Bolsonaro.