Contenção de despesas: Prefeito de Triunfo exonera contratados, abre mão do próprio salário e reduz remuneração do vice e secretários municipais

Por Fonte83 - 04/09/2023

Medidas drásticas foram adotadas pelo prefeito de Triunfo, no alto sertão do estado, com vistas a diminuir os gastos públicos, sobretudo com a folha de pagamento, tendo em vista a redução do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Como forma de conter despesas, o prefeito Espedito Cesário de Freitas Filho, após exonerar todos os servidores contratados, suspendeu, via decreto, os seus próprios vencimentos, na ordem de R$ 15 mil, e reduziu os do vice-prefeito e dos secretários em 20 %, pelo período de dois meses.

De acordo com o Sagres Online, o vice-prefeito triunfense, Joaquim Junior Gonçalo Feitosa, recebe R$ 7,5 mil e os secretários recebem R$ 3 mil.