O tamanho de Zé Aldemir – por Fabiano Gomes

Por Fonte83 - 21/08/2023

Cajazeiras caminha para uma situação incomum, principalmente se considerarmos os resultados apertados que caracterizaram as disputas eleitorais na cidade, como foi, inclusive, a vitória de Zé Aldemir, em 2016, com uma diferença de apenas 3 pontos percentuais sobre Dra. Denise.

Quatro anos mais tarde, o atual prefeito obteve uma vitória bem mais tranquila, ampliando a diferença para 11 pontos percentuais, contra a mesma Dra. Denise, numa demonstração inquestionável do quanto o eleitorado já aprovava a administração de Zé Aldemir. Seis anos e meio à frente da prefeitura de Cajazeiras, ao invés de Zé Aldemir perder força, como esperavam seus adversários, aconteceu exatamente o contrário.

Hoje, com o amadurecimento de um modelo de administração que tem resultado em inegáveis melhorias para a cidade, Zé Aldemir se dará ao luxo de escolher seu candidato numa lista que cresce a cada dia, lista que tem praticamente todas as lideranças tradicionais da cidade, como o líder do governo na Assembleia, Chico Mendes, e o ex-deputado petista Jeová Vieira Campos. Além dos representantes de uma nova geração que enxergam a oportunidade de se tornarem prefeito sem serem ainda liderança política.Todos querem ser o candidato de Zé Aldemir e andam a pedir apoio a quem podem para convencerem o prefeito de que são melhor opção.

Se na situação sobra candidato, na oposição a escassez e de dar pena. Aliás, se depender da vontade de algumas das lideranças da oposição, nem lançar chapa eles lançam caso Zé aceite fazer uma aliança.

Se isso não for uma grande demonstração de força do prefeito cajazeirense eu estou desaprendendo de vez o que é política.
Enquanto isso, Zé avalia nome por nome quem deve ser o seu candidato, com a tranquilidade de quem seráo o principal eleitor de Cajazeiras na eleição do próximo ano.