RESPOSTA: Caldeira sendo Caldeira

Por Fonte83 - 24/08/2023

O radialista Fernando Caldeira insinuou que o Instituto Índice, contratado pelo Portal FonteCZ para realizar pesquisa de intenção de voto sobre a corrida eleitoral em Cajazeiras, não existe empresa inscrita com esse nome na Junta Comercial do Estado do Ceará.

Ora, o nobre radialista sabe mais do que ninguém, ou pelo menos deveria saber, que para se constituir uma empresa, não é obrigatório o registro de uma marca. A princípio, o “nome fantasia” é apenas a designação popular do negócio, e pode ser registrado ou não na Junta Comercial. A maioria das empresas acabam por adotar outros nomes no CNPJ.

Vou citar apenas dois exemplos para que Fernando Caldeira possa entender: Eu tenho três empresas constituídas em João Pessoa. Uma delas é o Portal Fonte83 e a outra é o 83Agora. Se você pesquisar, perceberá que nenhuma empresa com esses nomes aparecerá nos cadastros da na Junta Comercial do Estado da Paraíba (JUCEP).

Isso acontece porque não utilizo nomes fantasia de minhas empresas na JUCEP.

DESINFORMAÇÃO

Mas, me parece que o radialista Fernando Caldeira, além de desinformado, trabalha com a maldade.

Eu explico. Ao criticar o Instituto Índice, Caldeira esqueceu de olhar para o próprio quintal, pois, o nome de seu site de notícias, o “NotíciasPB”, não consta como empresa inscrita na Junta Comercial da Paraíba.

Aliás, o nome fantasia “NotíciasPB” não apareceria nunca, pois as pesquisas nos cadastros da Junta Comercial precisam ser realizadas por meio do CNPJ. Mais uma bola fora do nobre radialista.

E tem mais, se a empresa for microempreendedor individual (MEI), nem no cadastro da JUCEP vai aparecer. As juntas comerciais só cadastram empresas da categoria “Microempresa” (ME) em diante.

DATA/CALDEIRA??

Pergunto ainda ao radialista Fernando Caldeira, qual é mesmo o nome da empresa que está por trás do instituto de pesquisa dele? Quem são os estatísticos responsáveis? E, por fim, se existe empresa com o nome de fantasia “Data/Caldeira” constituída na JUCEP?

TRANSPARÊNCIA

E, para não deixar mais dúvidas sobre o Instituto Índice, vou deixar público os dados da profissional de estatística responsável pelo Índice. Trata-se de Ianne Rafaella Santos Melo, inscrita no Conselho Regional de Estatística (CONRE) sob o número10274. Ela é graduada em estatística pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB); Mestre em Modelo de Decisão pela UFPB; e Doutora em Modelos de Decisão com Ênfase em Amostragem também pela UFPB.

EM TEMPO

O radialista Fernando Caldeira divulgou irresponsavelmente, no último domingo (20), que o instituto contratado pelo FonteCZ para fazer a pesquisa seria o Data Vox. Pedi a ele para corrigir a fake news divulgada pelo próprio, mas ele não divulgou.

Espero que, em nome do bom jornalismo, pelo menos essa resposta ele divulgue.