Índice/FonteCZ: Saiba a rejeição dos candidatos que pleiteiam o apoio do prefeito Zé Aldemir; Dr. Pablo Leitão tem a menor e Marcos do Riacho do Meio tem a maior

Por Fonte83 - 23/08/2023

A pesquisa do Instituto de Pesquisa Índice, contratada pelo Portal FonteCZ, realizada entre os dias 19 e 21 de agosto, em Cajazeiras, apontou que o médico Dr. Pablo Leitão tem a menor rejeição para ser o candidato escolhido pelo prefeito Zé Aldemir (PP) para sua sucessão na eleição de 2024 na Terra de Padre Rolim. Pablo tem apenas 2,4% de rejeição, de acordo com o levantamento. Já o atual vice-prefeito da cidade, Marcos do Riacho do Meio (MDB), tem a maior rejeição entre a população, com 9,8%.

Em segundo, como maior rejeitado, aparecem o jornalista Adjamilton Pereira e o médico Marcílio Cartaxo, com 7,3%. Em terceiro vem o empresário Neguinho do Mondrian e a secretária de Educação da cidade, Socorro Delfino, com 4,9%; segundo os dados, 14,6% da população rejeita todos; Não sabe ou não informou aparece com 48,8%.

Foram ouvidas 500 pessoas, de forma presencial, nos seguintes bairros: Bela Vista, Capoeiras, Casas Populares, Centro, Cristo Rei, Esperança, Jardim Oásis, Jardim Primavera, Loteamento Gilliard, Loteamento Leopoldina, Loteamento Portal de Cajazeiras, Por do Sol, Remédios, São José, Vila Nova I e II e os Distritos de Divinópolis e Riacho Fundo.

ÍNDICE – Contratada pelo Portal FonteCZ, a pesquisa foi realizada pelo Instituto de Pesquisa Índice, do Ceará, em 17 bairros da cidade, com uma margem de erro de aproximadamente de 4 %, com nível de confiança de 95 %.

A pesquisa conta com alto controle de qualidade, obedecendo a um sistema de controle interno que ocorre a partir do início da etapa de coleta, na qual os entrevistadores são fiscalizados permanentemente pelo coordenador do projeto e verificação em 20 % dos questionários aplicados. Uma coisa a se observar é que a soma dos percentuais poderá não atingir ou ultrapassar 100 % em virtude de arredondamento do processamento eletrônico, o que é normal em qualquer levantamento estatístico.

A pesquisa foi coordenada pela Dra. Ianne Rafaella Santos Melo, graduada em Estatística pela UFPB, mestre em Modelos de Decisão e Pesquisa – UFPB – e doutoranda em Modelos de Decisão com e ênfase em amostragem – UFPB. Ela é registrada no CONRE – Conselho Regional de Estatística sob o número 10274.

O estatístico geral responsável pela pesquisa foi Alex Raia, fundador de um dos principais institutos da Paraíba, o 6Sigma,  que integra também um dos principais grupos de pesquisa do Brasil, o Censos, e é dono do Instituto Data Quality.